Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG

PJF




Notícias

29 MAI

Prefeito inaugura revitalização do Morro do Imperador

Inicialmente era chamado de Morro da Liberdade. Seu nome oficial é Morro do Redentor. Mas é popularmente conhecido como Morro do Cristo. O outro nome, Morro do Imperador, originou-se em 1861, quando Dom Pedro II subiu as encostas para apreciar o céu e a vista da cidade. A partir desta quarta-feira, 28, esse importante cartão postal de Juiz de Fora está de cara nova. No final da tarde, o prefeito Bruno Siqueira inaugurou a revitalização do espaço, que agora conta com nova iluminação, pintura e paisagismo.

"Nossos colaboradores não têm medido esforços para fazer esse grande volume de obras que temos hoje na cidade. Aqui é um lugar simbólico e que merecia nossa atenção. Somos incansáveis e vamos continuar revitalizando muitos espaços e praças da cidade", destacou o prefeito.

O diretor presidente da Empav, José Eduardo Araújo, contou os detalhes da obra: "O nosso Cristo é bem mais antigo do que o do Rio. É uma obra centenária, que recebeu por nós uma completa reforma. Até as imagens da capela foram restauradas. Uma comissão estudou o local e a Empav assumiu a obra, e hoje entregamos este lindo ponto turístico para a cidade, completamente restaurado".

Em 8 de julho de 1906 (30 anos antes da criação do Corcovado, no Rio de Janeiro) foi inaugurado, em Juiz de Fora, o monumento idealizado por Francisco Batista de Oliveira, em homenagem ao Cristo Redentor. Foi construído pela Companhia Pantaleone Arcuri e Spinelli, e é considerado o primeiro da América do Sul, possuindo 25 metros de altura, sendo a imagem com 3,75 metros. Ela foi encomendada à Maison Raffe, de Paris. O monumento, que está localizado no ponto mais alto da cidade - a 1.492 metros acima do nível do mar, foi tombado em 24 de maio de 1990.

Para a chefe do Departamento de Incentivo ao Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Geração de Emprego e Renda, Tatyana Hauck Herdy Hill, a revitalização do Morro do Cristo vai permitir que o local atenda moradores e turistas com mais segurança e qualidade: "O mirante, que nos dá uma visão da paisagem e dimensão de Juiz de Fora, será, com certeza, cada vez mais visitado, sendo parada obrigatória para quem chega à cidade".

O local ganhou nova iluminação e pintura, além de poda, capina e limpeza. A capela voltou às suas cores originais: branca, com detalhes camurça, bege e cinza. Além disso, o espaço, que antes contava com apenas cinco refletores, agora tem 15 lâmpadas mais potentes: vapor metálico de 400 watts.

Toda a parte elétrica foi modificada, ampliando a capacidade de iluminação do espaço. As 23 luminárias no entorno do Morro do Cristo e da Praça Gudesteu Mendes, que antes eram de vapor de sódio de 150 watts, passaram a ser de vapor metálico de 250 watts, aumentando de forma significativa a iluminação do local. A torre de TV, que antes não tinha iluminação alguma, agora conta com refletores de vapor metálico de 400 watts. Todo o espaço foi pintado, desde bancos, mirante e parquinho, até canteiros e capela. O valor do investimento foi de R$ 75 mil.

Secretários municipais, servidores, representantes da Câmara, de associações de bairros e de grupos religiosos participaram da solenidade, que contou com a benção do Padre Danilo de Castro.

 



VER TODAS AS NOTÍCIAS

Divisão de Parques e Jardins


Executa serviços, mediante contratação pela prefeitura, de poda e plantio...

Mais

Divisão de
Pavimentação


Executa serviços, mediante contratação, de pavimentação asfáltica...

Mais

Divisão de
Obras


Setor responsável pela execução, mediante contratação...

Mais

Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG