Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG

PJF




Notícias

11 DEZ

Prefeitura revitaliza iluminação do Calçadão da Rua Halfeld

Coração da cidade, a Rua Halfeld é uma das principais vias de Juiz de Fora. Aberta em 1853, era apenas um trecho de caminho tomado pelo mato, e atualmente abriga prédios residenciais e comerciais, que dividem espaço com poucos exemplares de sua antiga arquitetura. Nesta quinta-feira, 11, a Prefeitura de Juiz de Fora dá mais um passo importante na história da cidade e inaugura a nova iluminação da Rua Halfeld.

Todos os reatores e lâmpadas a vapor de sódio, que hoje atendem o calçadão com sua tonalidade amarelada, serão substituídos por conjuntos luminotécnicos a vapor metálico, de tom branco. Este tipo de equipamento possui um alto nível de reprodução de cores, oferecendo um ambiente mais confortável à população, além de conceder um ganho térmico ao sistema, por produzir menos intensidade de calor.

De acordo com o diretor de Energia e Eletrificação da Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização (Empav), engenheiro Wilson Ferrareze, a substituição da rede elétrica foi necessária em função do número de defeitos apresentados no antigo sistema, ainda em condutores de alumínio, e da quantidade de intervenções efetuadas no calçadão. Nesta obra, foram aplicados 1.480 metros de condutor de cobre 16mm²/1kV; 560 metros de condutor de cobre 10mm²/1kV; 240 metros de condutor de cobre 4 mm²/750V; 70 reatores para lâmpadas a vapor metálico 250W e 70 lâmpadas a vapor metálico 250W. Além disso, foram utilizados conectores e fitas isolantes de auto-fusão. O investimento é de R$48.856,14.

"Não nos restou outra opção a não ser a substituição de toda cabeação da rede subterrânea, por condutores de cobre apropriados para este tipo de instalação. A obra foi executada pela nossa equipe, para que o serviço ficasse exatamente como queríamos e, também, devido ao alto custo caso uma empresa fosse contratada, que ultrapassaria R$ 100 mil", explicou Ferrareze.


História da Rua Halfeld

A Rua Halfeld era inicialmente conhecida como Rua da Califórnia antes da cidade ser elevada a vila. Seu nome atual é em homenagem ao engenheiro alemão Henrique Guilherme Fernando Halfeld, um dos fundadores de Juiz de Fora.

Em 1870, as construções ainda eram de pau-a-pique, mas a rua se desenvolveu rapidamente. Em 1878, a rua já era macadamizada (tipo de pavimento para pistas de rodagem, que consistia em assentar três camadas de pedras colocadas numa fundação com valas laterais para drenagem da água da chuva). Em1881, foi uma das ruas do trajeto da primeira linha de bondes. Quatro anos mais tarde, devido ao grande número de carruagens, foi necessária a adoção de mão única.

Por iniciativa de Bernardo Mascarenhas, em 1889, a luz elétrica foi inaugurada na rua. Já o calçadão, que transformou a parte central em área exclusiva para pedestres, foi inaugurado em 15 de novembro de 1975. A última intervenção feita no local foi em 2008, com a troca das luminárias por modelos de desenho de época e a remoção das jardineiras.

O estilo arquitetônico dos edifícios de Juiz de Fora e da Rua Halfeld, tem grande influência do Rio de Janeiro e da Europa (Itália e França), do estilo neoclássico ao eclético. Na cidade, não se seguiu o estilo barroco de outras cidades mineiras, principalmente devido à dificuldade de acesso ao interior do estado. Faltavam estradas e, para chegar a Belo Horizonte, precisava-se de um dia de viagem em trens precários, enquanto se ia ao Rio de Janeiro com facilidade e rapidez pela estrada União e Indústria.

Com o passar dos anos, as antigas construções, de apenas dois pavimentos, foram demolidas para ceder lugar a arranha-céus e prédios de um novo padrão arquitetônico. Um dos prédios, considerado divisor de época, é o edifício Sulacap, construído no início da década de 40. O imóvel foi o responsável por tornar elegante morar na rua Halfeld, pois, além de lojas e salas, possuía apartamentos de luxo. Depois dele, construíram-se vários prédios residenciais num processo que conduziu à rápida demolição da rua velha, especialmente no trecho entre a Batista de Oliveira e a Avenida Rio Branco. Exemplares da antiga paisagem arquitetônica da Rua Halfeld sobreviveram em maior número na parte baixa da via, entre a Avenida Getúlio Vargas e a Praça João Penido.

*A história da Rua Halfeld foi extraída do portal JF Minas.

 



VER TODAS AS NOTÍCIAS

Divisão de Parques e Jardins


Executa serviços, mediante contratação pela prefeitura, de poda e plantio...

Mais

Divisão de
Pavimentação


Executa serviços, mediante contratação, de pavimentação asfáltica...

Mais

Divisão de
Obras


Setor responsável pela execução, mediante contratação...

Mais

Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG