Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG

PJF




Notícias

19 JAN

JF + Luz - Prefeitura revitaliza iluminação da Praça do Riachuelo

Já está em funcionamento a revitalização luminotécnica da Praça do Riachuelo, na Avenida Barão do Rio Branco, região central da cidade. O trabalho realizado pela Diretoria de Energia e Eletrificação da Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização (Empav) teve um investimento no valor de R$ 76.500. Os recursos são provenientes da Contribuição para o Custeio do Sistema de Iluminação Pública (CCSIP).

Para melhorar a iluminação do local, um novo sistema de comando e proteção foi planejado e instalado. Os cabos alimentadores primários e secundários foram substituídos, a fim de adequar os condutores à nova carga instalada. Já para a proteção, foram utilizados disjuntores "din", com capacidade de interrupção, conforme as correntes elétricas que circulam nos diversos circuitos.

Segundo o engenheiro e diretor de Energia e Eletrificação da Empav, Wilson Ferrareze, não existe um modelo padrão para um sistema de comando e proteção dos circuitos em um projeto luminotécnico."No caso da Praça do Riachuelo, nós optamos por um comando com dois timmers digitais para dividir os circuitos em funcionamento e a entrada dos mesmos, a fim de não sobrecarregar nosso sistema nem a Rede de Distribuição da CEMIG na área", explica.

Com o serviço, a praça passa a ter 20 luminárias de alto rendimento, equipadas com lâmpadas a vapor metálico de 400W, em postes com nove metros de altura; e 20 luminárias decorativas estilo "chapéu chinês", com lâmpadas a vapor metálico de 250W, em postes com cinco metros de altura. Em ambos os casos os sistemas de ignição são acoplados, valorizando a estética.

Além disto, para valorizar a arborização da praça, sem ferir a vegetação com condutores elétricos, foram instalados oito refletores para iluminação cênica. A utilização das lâmpadas a vapor metálico, que possuem uma tonalidade branca, visa ressaltar as características naturais, já que os equipamentos possuem elevado índice de reprodução de cores. "A praça possuia 6,25kW de carga luminosa e, após esta intervenção, passou a contar com 15kW, ou seja, recebeu um acréscimo de 140% de luz", destacou Wilson.

Outro ponto importante é a disponibilidade de carga deixada para futuros eventos a serem realizados na Praça do Riachuelo, que antes eram motivo de ligação provisória. "Agora toda a energia elétrica consumida na praça será medida, de forma que a Prefeitura pagará apenas pelo que for estritamente consumido, trazendo economia aos cofres públicos municipais", finalizou.

 



VER TODAS AS NOTÍCIAS

Divisão de Parques e Jardins


Executa serviços, mediante contratação pela prefeitura, de poda e plantio...

Mais

Divisão de
Pavimentação


Executa serviços, mediante contratação, de pavimentação asfáltica...

Mais

Divisão de
Obras


Setor responsável pela execução, mediante contratação...

Mais

Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG