Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG

PJF




Notícias

05 JAN

Prefeitura executa mais de vinte e dois mil atendimentos de iluminação pública em 2015

Em 2015, a Prefeitura de Juiz de Fora realizou 22.148 atendimentos de manutenção de iluminação pública na cidade, atingindo a média mensal de 1.845 procedimentos. Um balanço positivo, que superou o número de solicitações durante todo o ano: 14.099. Em dezembro, foram atendidos 2.090 pontos, mais do que o dobro de pedidos feitos pela população (943) no mesmo período, através do call center. Este foi o primeiro ano em que as prefeituras tiveram que assumir a iluminação pública, após resolução da Aneel, e Juiz de Fora apresentou um serviço de qualidade e eficiência.

Nos primeiros meses de 2015, a demanda por reparo era intensa e exigiu proatividade das equipes de manutenção para que todas as solicitações fossem atendidas. No entanto, ainda no primeiro semestre, o número de atendimentos ultrapassou o de reclamações de forma gradativa e contínua até o fim do ano.

O êxito é devido ao sistema de ronda diurna/noturna, em que são verificadas diariamente lâmpadas que permanecem acesas durante o dia ou apagadas durante a noite, em rotas delineadas ou regiões pré-determinadas. Durante o trabalho, os pontos onde são identificados defeitos são registrados no sistema e recebem reparo posteriormente, antes mesmo de haver reclamação da população. O diretor de Energia e Eletrificação da Empav, engenheiro Wilson Ferrareze, explicou que, ao assumir a manutenção do sistema de iluminação pública, a PJF tinha como meta oferecer o serviço no menor tempo possível: "Após diversos ajustes no procedimento, que começou em janeiro de 2015, atingimos plenamente nosso objetivo, que é o atendimento em 48 horas. Solicitamos àqueles que não tiverem a reclamação atendida nesse prazo, que nos informem pelo telefone 3690-7004".

A dona de casa Lucinea Azevedo, que mora Bairro Vila Ideal, contou que antes de a PJF assumir a responsabilidade da iluminação pública era difícil receber atendimento: "Meus vizinhos já tinham reclamado uma vez em 2014 (quando o serviço não era responsabilidade da PJF) e foi muito complicado, porque a gente ficava sendo "jogado" de um setor para o outro". Porém, a situação agora está diferente para a vizinhança da região. No dia 23 de dezembro, a dona Lucinea reclamou de um poste apagado na rua onde mora. O problema foi resolvido logo no dia seguinte. "Dessa vez o atendimento foi muito melhor. A Prefeitura me garantiu que a gente não ia passar o Natal sem luz aqui rua, e a promessa foi cumprida. Agora o pessoal tá satisfeito e já fica mais tranquilo andar de noite pela rua", acrescentou.

Alguns moradores até assumem o descaso da própria população, que deve cooperar para a manutenção da iluminação pública. O aposentado Joaquim de Oliveira, por exemplo, morador do Bairro Igrejinha, denunciou alguns atos de vandalismo na rua onde mora. Entretanto, ele elogia a atividade da PJF. "Passa um pessoal aqui às vezes de madrugada e quebra a luminária do poste. Mas a Prefeitura não deixa de vir e arrumar. Moro aqui há quase um ano e já reclamei duas vezes. Nas duas, a equipe de manutenção atendeu a gente com rapidez", relatou o aposentado.

 



VER TODAS AS NOTÍCIAS

Divisão de Parques e Jardins


Executa serviços, mediante contratação pela prefeitura, de poda e plantio...

Mais

Divisão de
Pavimentação


Executa serviços, mediante contratação, de pavimentação asfáltica...

Mais

Divisão de
Obras


Setor responsável pela execução, mediante contratação...

Mais

Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG