Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG

PJF




Notícias

05 FEV

Serviço de tapa-buracos é intensificado em dias de seca

Aproveitando a estiagem, a Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização (Empav) intensificou o trabalho de tapa-buracos nas vias da cidade. As cinco equipes trabalham em todas as regiões de Juiz de Fora, visando a dar condições de trafegabilidade e melhorar o conforto para motoristas, motoqueiros, ciclistas e usuários de transporte coletivo.

O pavimento tem uma vida útil, que, ao chegar próximo do fim, faz com que o mesmo se torne quebradiço, aparecendo trincas. Nelas, a água penetra, umedece a base, que fica "solta". O resultado é a abertura de buracos. E é por isso, também, que, no período de chuvas, os buracos aparecem em maior quantidade. "A chuva contínua infiltra na base e solta o asfalto, formando os buracos. Por isso, com o piso molhado, não temos condições de tapá-los, temos que esperar momentos como o de agora. É uma corrida contra o buraco, que recuperamos na estiagem", explica o diretor técnico da Empav, Rene Vieira.

O asfalto é feito de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). No caso do asfalto para tapa- buracos, a massa é mais fina e mais rica, o que permite em locais de trânsito intenso se adensar mais facilmente, por ser mais flexível. "Sempre que possível, usamos placa vibratória, que é específica para esse tipo de trabalho. E, devido à flexibilidade da massa, até o próprio trânsito compacta o asfalto de forma rápida, sem soltar grandes pedras. Hoje, a massa que a Empav produz é de boa qualidade", completa.

O objetivo, tanto do tapa-buracos quanto do recapeamento asfáltico, é o rejuvenescimento do pavimento, para torná-lo impermeável de novo. "Como dito, o fato de o asfalto se tornar permeável à água é que ocasiona os problemas de buracos. Fizemos um levantamento e, para rejuvenescer todo o pavimento da cidade, necessitaríamos de um montante de cerca de R$ 600 milhões. Fazemos investimentos em recapeamentos, e o restante, em tapa-buracos, pois nosso objetivo é dar condições de tráfego", acrescenta Rene.

Nesta administração, 109 vias, de 44 bairros, receberam o serviço de recapeamento asfáltico. Isto corresponde a uma área de 257.114 metros quadrados e a 32.250 toneladas de asfalto. Para que as intervenções fossem executadas, foram investidos R$ 4,11 milhões de recursos do Tesouro e R$ 6,23 milhões de convênios.

Além disso, neste triênio, foram gastos R$ 10,92 milhões com o tapa-buracos. No último ano, foram realizados 2.760 atendimentos, utilizando 6.365 toneladas de massa asfáltica. Em 2013, 11.099 buracos foram tapados, totalizando 9.719 toneladas de massa aplicada. Já em 2014, foram usadas 11.844 toneladas de asfalto, e 5.024 atendimentos foram feitos.

 



VER TODAS AS NOTÍCIAS

Divisão de Parques e Jardins


Executa serviços, mediante contratação pela prefeitura, de poda e plantio...

Mais

Divisão de
Pavimentação


Executa serviços, mediante contratação, de pavimentação asfáltica...

Mais

Divisão de
Obras


Setor responsável pela execução, mediante contratação...

Mais

Logomarca da Empav-Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização de Juiz de Fora-MG